Estimulação magnética transcraniana e compulsão alimentar


Autoria: Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva // Dra. Lya Ximenez.

* Dra Ana Beatriz Barbosa Silva (Médica Psiquiatra, CRM/RJ 5253226/7)

* Dra. Lya Ximenez (Médica CRM/RJ 52886300)

A Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) é uma terapia inovadora que se utiliza de pulsos eletromagnéticos repetidos para o tratamento dos mais diversos transtornos comportamentais e neurológicos.

O uso da EMT no Brasil foi aprovado em 2008 pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para o tratamento da depressão. No entanto, em outros países já é aprovado e usado para diversos outros transtornos como dor neuropática, zumbido, esquizofrenia (sintomas negativos e alucinações auditivas), Transtorno Afetivo Bipolar (depressão e mania). A EMT também é utilizada off-label* em transtornos de ansiedade, pânico, TOC, fobias, reabilitação cognitiva, Alzheimer e outras demências, transtornos de desenvolvimento, reabilitação motora (em casos de acidente vascular cerebral, por exemplo), Parkinson, Síndrome de Tourette, transtornos alimentares, entre outros.

Apesar de poucos estudos disponíveis, estudos demostram que a EMT também é útil em casos de transtornos compulsivos, como Bulimia Nervosa (BN), compulsão alimentar, dependência química, transtorno obsessivo-compulsivo etc. Sendo assim, pacientes portadores de Compulsão Alimentar Periódica (TCAP) também poderiam se beneficiar desta terapia e a nossa experiência clínica tem confirmado esses estudos, conforme exemplificamos abaixo:

Paulo nos procurou após ter sido internado por 45 dias em uma clínica na qual foi submetido a 15 sessões de eletrochoque, causando-lhe um grave déficit cognitivo. Ele iniciou o tratamento conosco e indicamos um tratamento intensivo com a EMT, na tentativa de acelerar a recuperação da sua memória. Começamos com duas sessões por dia (quatro a cinco vezes por semana) e em apenas duas semanas (18 sessões) sua memória de curto e longo prazos, memória semântica, memória executiva, capacidade de cálculo, atenção e foco melhoraram cerca de 70 a 80%.

Após essa melhora substancial sobre os sintomas cognitivos, a queixa secundária passou a ser mais importante: a compulsão por comida, em especial por alimentos com alto valor calórico. O paciente já estava tomando medicamentos, porém em doses mais altas traziam efeitos colaterais intoleráveis a ele. Assim, baseado nos achados das pesquisas, demos continuidade ao tratamento para memória e iniciamos a EMT em outra região cerebral responsável pela melhora da compulsão. Após uma semana (nove sessões), Paulo já nos relatava melhoras. Em duas semanas sua fissura e descontroles por comida diminuíram cerca de 70%. Com o auxílio da EMT conseguimos obter resultados em tempo otimizado e sem efeitos colaterais ou interação com outras drogas.

A EMT mostra-se, cada vez mais, uma boa alternativa quando se precisa de uma melhora rápida e o paciente não responde adequadamente às medicações ou não tolera os efeitos colaterais das medicações.

*Off-label (Tradução literal: fora do rótulo): são indicações onde se há evidência em estudos de benefícios, porém eles são poucos e insuficientes para se estabelecer um protocolo e indicação formal. Obs: Os dados do paciente foram modificados por questões de preservação.

* Dra Lya Ximenez é médica com especialização em EMT pela Universidade de Harvard.

CONSULTÓRIO

Avenida das Américas, 3500, bloco 6
Condomínio Le Monde, sala 401,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ
CEP: 22640-102
(21) 3435-8592 / 3435-8597
Cel.: (21) 99566-5547

CONSULTÓRIO

Avenida das Américas, 3500, bloco 4
Condomínio Le Monde, sala 107,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ
CEP: 22640-102
(21) 3042-9525 / 3042-9526
Cel.: (21) 99566-5558

EVENTOS E ENTREVISTAS

Assessoria literária:
Mirian Pirolo
mirianfpirolo@gmail.com

Assessoria de Eventos:
Maria Célia Arruda
mceliaarruda@yahoo.com.br

REDES SOCIAIS