Untitled Document
CONSULTÓRIOS

Avenida das Américas, 3500, bloco 6
Condomínio Le Monde, sala 401,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22640-102
(21) 3435-8592 / 3435-8597
Cel.: (21) 99566-5547

Avenida das Américas, 3500, bloco 4
Condomínio Le Monde, sala 107,
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22640-102
(21) 3042-9525 / 3042-9526
Cel.: (21) 99566-5558
contato@draanabeatriz.com.br
abcomport@gmail.com

Cinecomportamento

* Dra Ana Beatriz Barbosa Silva (Médica Psiquiatra, CRM/RJ 5253226/7).

O filme O Jogo da Imitação conta a história verídica de Alan Turing, um gênio da matemática, que em plena II Guerra Mundial desenvolve uma máquina capaz de decifrar os códigos alemães do Enigma, máquinacom a qual os nazistas enviavam mensagens de táticas de combates.

Com esse advento, foi possível levar os aliados a vencer a guerra, poupando a vida de milhões de soldados nos campos de batalha. Apesar de sua inteligência excepcional, Alan apresentava um raciocínio extremamente lógico e um comportamento com severas dificuldades nos relacionamentos sociais e interpessoais. Tais características comportamentais sugerem que o matemático apresentava traços autistas ou mesmo Síndrome de Savant.

Muitos tecnólogos atribuem a Alan a invenção da máquina que hoje chamamos de computador e o denominam “o pai da informática”. No entanto, Turing teve um final trágico: suicidou-se aos 41 anos após ser submetido à terapia hormonal (castração química) pelo “crime” de homossexualidade impostas pelas leis inglesas da época.

Turing viveu no anonimato e permaneceu no obscurantismo da história, em função da sua orientação sexual, e somente após várias campanhas de cientistas e matemáticos, a Rainha Elizabeth II concedeu, em 2013, indulto ao oficial Turing e lhe prestou honrarias condizentes com seu feito extraordinário.jogoimit_foto

Benedict Cumberbatch tem atuação primorosa ao dar vida a Alan Turning e concorreu ao Oscar, em 2015, por essa atuação. Destaca-se também Keira Knightley no papel de Joan Clarke, uma amiga de Alan que foi grande parceira na sua trajetória profissional e pessoal.

Um filme com ótimo roteiro, um belo elenco, que traz a tona uma história real de genialidade e injustiça de um herói da II Guerra, desprezado por sua sexualidade.

 



Foto: Sandra Lopes

Dra Ana Beatriz Barbosa Silva

Médica graduada pela UERJ com pós-graduação em psiquiatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora Honoris Causa pela UniFMU (SP) e Presidente da AEDDA – Associação dos Estudos do Distúrbio do Déficit de Atenção (SP). Diretora da clínica ANA BEATRIZ BARBOSA SILVA - Comportamento Humano e Psiquiatria (RJ). Escritora, realiza palestras, conferências, consultorias e entrevistas nos diversos meios de comunicação, sobre variados temas do comportamento humano.

E-mail:
contato@draanabeatriz.com.br
abcomport@gmail.com


Livros - Dra. Ana Beatriz

topo